Alho : Benefícios, Emagrece, Faz Bem ou faz Mal ?

Os benefícios de comer alho

Na medicina popular o alho é conhecido por curar quase tudo, desde um resfriado comum e gripe até a praga. Algumas das velhas histórias das propriedades curativas do alho têm validade duvidosa, mas muitos de seus benefícios para a saúde foram apoiados pela pesquisa científica moderna. Existem dois principais ingredientes medicinais que produzem os benefícios do alho para a saúde: alicina e sulfetos de dialilo.

Alho é um composto sulfuroso e, em geral, um dente com sabor mais forte tem mais teor de enxofre e, portanto, mais valor medicinal. Algumas pessoas revelam que o alho cultivado organicamente tende a ter maior nível de enxofre e, portanto, maior benefício para a saúde.

Benefícios

Diversos benefícios do alho para a saúde foram reivindicados por muito tempo. Tratamento a base de alho foi usado extensivamente na medicina erval (phytotherapy) ao longo dos séculos. Entre os benefícios mais importantes do uso do alho é no controle da pressão arterial e níveis de colesterol.
A ciência moderna mostrou que o alho é um poderoso antibiótico natural. As bactérias no corpo não tem resistência e nem evoluem quando se faz uso do alho. Isso significa que seus benefícios positivos para a saúde podem continuar ao longo do tempo.

Alguns estudos também mostraram que o alho – especialmente alho envelhecido – pode ter um poderoso efeito antioxidante. Os antioxidantes podem ajudar a proteger o corpo contra os radicais livres prejudiciais. Existem alegações de que o alho preto fermentado contém níveis antioxidantes ainda mais elevados do que o normal.

As pessoas que querem obter os benefícios do alho sem ter que sentir o gosto dele, podem tomar suplementos de alho. Estas pílulas e cápsulas têm a vantagem de evitar o efeito colateral do mau hálito de se comer alho.

Dosagem

Então, quanto alho você deve comer ou consumir para maximizar os benefícios para a saúde? Isso é difícil de dizer – muito da pesquisa ainda é desigual e diferentes pessoas têm diferentes necessidades e tolerâncias. No entanto, uma monografia da Organização Mundial de Saúde (OMS) diz:

“A menos que indicado de outra forma, a dose diária média é a seguinte: alho fresco, 2-5g, pó seco, 0,4-1,2 g, óleo, 2-5mg, extrato, 300-1000mg (como material sólido). Correspondem a 4-12mg de alliin ou cerca de 2-5mg de alicina. Bulbus Allii Sativi deve ser tomado com alimentos para prevenir perturbações gastrointestinais.

Esta informação é referenciada de “Bradley PR, ed. British herbal compendium, Vol. 1. Bournemouth, British Herbal Medicine Association, 1992.”

Efeitos colaterais

Mesmo o alho não é perfeito. Além do mau hálito existem outros possíveis efeitos colaterais, especialmente se usado em excesso. Use o senso comum e não exagere.

Alho cru é muito forte, por isso comer demais poderia produzir problemas, por exemplo, irritação ou mesmo danos ao aparelho digestivo.

Existem algumas pessoas que são alérgicas ao alho. Os sintomas de alergia alho incluem erupção cutânea, febre e dores de cabeça. Além disso, o alho pode potencialmente interromper anti-coagulantes, por isso é melhor evitar antes da cirurgia. Como com qualquer medicamento, sempre verifique com seu médico primeiro e informe o seu médico se você estiver usando.

Importante: Pesquisas publicadas em 2001 concluíram que os suplementos de alho “podem causar um efeito colateral potencialmente nocivo quando combinados com um tipo de medicamento usado para tratar o HIV / AIDS”.





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *