Cultivo de Pimenta

Cultivo de pimenta começa dentro de casa

As pimentas crescem com muita facilidade. Basicamente, o cultivo de pimenta é: você planta e elas crescem. Mas para uma produção máxima, um pouco de mimo ajuda. Pimentas precisam de sol sol pleno, solo arenoso com muita matéria orgânica e de boa drenagem. Dependendo do tamanho das variedades de pimenta plantadas, o espaçamento deve ser de 24-28 centímetros de distância. Pimentas podem ser usadas como lindas plantas ornamentais, e podem ser plantadas em floreiras.

Sementes de pimenta tem até 150 dias para serem plantadas, então observe o dia de vencimento indicado no pacote de semente. As sementes de pimenta devem ser plantas primeiramente em potes, entre janeiro e fevereiro, e depois de 8 a 10 semanas devem ser transplantadas no solo.

Pimentas foram cultivadas extensivamente na América Central e do Sul, México e as Índias Ocidentais muito antes do nascimento de Cristo. Mas foi Colombo e outros exploradores que introduziram as pimentas para o mercado europeu. Na verdade, a pimenta é uma grande contribuição do Novo Mundo para a culinária do Velho Mundo.

Sementes ou plantas de pimenta?

Apenas jardineiros que gostam de longos períodos de crescimento devem tentar semear a semente de pimenta diretamente no jardim. A maioria de nós deve começar dentro de casa em pequenos potes.

A maioria das sementes de pimenta brotam em cerca de uma semana a uma temperatura de 20-30 graus, mas a germinação pode ser irregular, dependendo da variedade. Pimentas podem ser muito exigentes. Para acelerar o processo, coloque as sementes entre folhas úmidas de toalha de papel, coloque-as em um saco plástico com zíper, e coloque o saco em um lugar quente (em cima da geladeira é um bom local). Assim que as sementes de pimenta brotarem, cuidadosamente plante-as em recipientes individuais. Quando as primeiras folhas se desenvolverem, mova as plantas para perto de uma janela ensolarada até que você possa transpaltá-las no jardim.

Aqui estão duas dicas de cultivo fundamentais para se manter em mente.

– Água com moderação: as pimentas são plantas sedentas! Eles precisam de um suprimento moderado de água a partir do momento que elas brotam até o final da temporada. No entanto, as pimentas não vão tolerar um solo saturado que deixe suas raizes enxarcadas. O solo deve escorrer bem, mas manter a umidade suficiente para manter as plantas em produção. Para manter um bom equilíbrio, antes do transplante, trabalhar um pouco de matéria orgânica no solo para melhorar a retenção de umidade. Utilize cobertura morta para evitar a evaporação excessiva do solo durante os meses secos do verão.

Não fertilize em excesso: isto tende a fazer com que a pimenteira desenvolva uma bela folhagem as custas da produção do fruto. As pimentas se alimentam de luz. Se você usar a proporção 5-10-10 de fertilizante no solo antes do transplante, isso provavelmente será suficiente.

Geralmente, as pimentas sofrem dos mesmo problemas de doenças e insetos que os outros membros da família das solanáceas (tomate, batata e berinjela), no entanto, com algumas pecauções você pode manter sua pimenteira longe desses problemas, usando pesticidas orgânicos.

Cultivo de Pimenta 1

Cultivo de Pimenta 2

Cultivo de Pimenta 3

Digital StillCamera

Cultivo de Pimenta 5

Cultivo de Pimenta 6

 





One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *